• Apostolado FERR

A Quarta-feira das Têmporas da Quaresma



COMENTÁRIOS LITÚRGICOS SOBRE A

QUARTA-FEIRA DAS TÊMPORAS DA QUARESMA

O Ano Litúrgico

Dom Próspero Gueranger


Essa raça má e adúltera busca um milagre: e não será dado, a não ser o sinal do profeta Jonas.


O jejum quaresmal está associado hoje às Têmporas. Na sexta-feira e no próximo sábado, também teremos um duplo motivo para fazer penitência. É o tempo da primavera, e se trata de consagrar a Deus, oferecendo-lhe as primícias com jejum e oração; também temos em vista a ordenação dos sacerdotes e ministros sagrados, sobre a qual é necessário coletar as bênçãos do alto. Portanto, tenhamos respeito soberano por esses três dias.


Até o século XI o jejum das Têmporas da primavera era fixo na primeira semana de março e o do verão na segunda semana de junho. Um decreto de São Gregório VII os definia nas datas que mantemos hoje; as Têmporas da primavera na primeira semana da Quaresma e as do verão na semana de Pentecostes.


A Estação é comemorada hoje em Santa Maria Maior. Honremos a Mãe de Deus, refúgio dos pecadores, e supliquemos que ela ofereça ao nosso juíz o humilde tributo de nossas satisfações.


COLETA

Oremos. Ajoelhemo-nos. Levantemo-nos.

NÓS Vos rogamos, Senhor, dignai-Vos ouvir, Clemente, as nossas preces e contra tudo que nos aflige estendei a Destra de vossa Majestade. Por Nosso Senhor.


A Igreja, que às quartas-feiras das Têmporas, apresenta sempre duas lições da Sagrada Escritura no lugar da Epístola da Missa, juntou hoje dois grandes tipos da Quaresma no Antigo Testamento, Moisés e Elias, com o objetivo de revalorizar diante de nossos olhos a dignidade do jejum quaresmal ao qual o próprio Cristo conferiu um caráter ainda mais sagrado, percebendo em sua própria pessoa o que a Lei e os Profetas haviam executado apenas em figura.


PRIMEIRA LEITURA

Leitura do Livro do Êxodo

NAQUELES dias, disse o Senhor a Moisés: Vem ter comigo no monte, e deixa-te ficar aí e te darei as tábuas de pedra em que escrevi a lei e os mandamentos, para que os ensines aos filhos de Israel. Moisés e Josué, seu ministro, levantaram-se. E Moisés subiu ao monte de Deus e disse aos anciãos: Esperai aqui, até que voltemos a vós. Tendes convosco Aarão e Hur; se sobrevier alguma questão, recorrei a eles. E tendo Moisés subido, a nuvem cobriu o monte e a glória do Senhor pousou sobre o Sinai, envolvendo-O com a nuvem durante seis dias. Ao sétimo dia, porém, Deus chamou Moisés do meio da escuridão [da nuvem]. Ora, a glória do Senhor manifestou-se aos filhos de Israel, como um fogo ardente sobre o cimo do monte. E entrando Moisés pelo meio da nuvem, subiu ao monte e ali se demorou quarenta dias e quarenta noites.


EPÍSTOLA

Leitura do livro dos Reis.

NAQUELES dias, chegou Elias a Bersabéia de Judá e ali despediu o seu criado. E andou pelo deserto um dia de caminho. Tendo chegado ali, sentou-se debaixo de um junipero e pediu para si a morte. E disse: Basta-me de vida, Senhor, tomai a minha alma, porque não sou melhor do que meus pais. E deitou-se em terra, e adormeceu à sombra do junípero. E eis que o Anjo do Senhor tocou-o e lhe disse: Levanta-te e come. Elias olhou, e viu, junto à sua cabeça, um pão cozido debaixo da cinza, e um vaso com água; comeu, pois, bebeu e tornou a adormecer. Voltou pela segunda vez o Anjo do Senhor, tocou-o e lhe disse: Levanta-te e come, porque te resta um longo caminho a fazer. Tendo-se ele levantado, comeu e bebeu, e,_na força daquela comida, caminhou quarenta dias e quarenta noites, até o monte de Deus, chamado Horeb.


EUCARISTIA – Moisés e Elias jejuam quarenta dias e quarenta noites porque vão se aproximar de Deus. É necessário ao homem se purificar, desapegar-se do peso do corpo, se ele quiser falar com o espírito. No entanto, a visão de Deus com a qual esses dois personagens sagrados foram distinguidos era muito imperfeita; eles sentiram que o Senhor manifestava-Se a eles, mas não viram sua glória. Então o Senhor se manifestou em carne e o homem o viu, ouviu e tocou-o com as mãos (Jo 1,1). Não somos do número daqueles mortais felizes que falaram com o Verbo da vida; mas na Eucaristia divina ele faz mais do que se deixar ver; Ele entra em nós e se torna nossa substância. Os mais humildes fiéis da Igreja possuem Deus mais plenamente do que Moisés no Sinai e Elias no Horebe. Não se surpreenda, então, se a Igreja, para preparar-nos para tamanho favor na festa da Páscoa, quer que passemos pela prova dos quarenta dias, prova muito menos rigorosa que a que exigiu de Moisés e Elias a concessão da graça que Deus se dignou outorgar-los.


EVANGELHO

Continuação do santo Evangelho segundo São Mateus.

NAQUELE tempo, dirigiram-se a Jesus alguns dos escribas e fariseus, dizendo: Mestre, nós gostaríamos muito de ver algum prodígio vosso. Ele, porém, lhes respondeu: Esta geração má e adúltera pede um prodígio, mas não lhe será dado outro, senão o prodígio do profeta Jonas. Porque assim como Jonas esteve três dias e três noites no ventre da baleia, assim estará o Filho do homem três dias e três noites no seio da terra: Os homens de Nínive se levantarão, no dia do juízo contra esta geração e a condenarão, pois estes fizeram penitência com a pregação de Jonas. E aqui está quem é mais do que Jonas. A rainha do meio-dia [de Sabá] levantar-se-á no dia do juízo contra esta geração e a condenará; pois veio da extremidade da terra para ouvir a sabedoria de Salomão. E eis, aqui está quem é mais do que Salomão. Quando o espírito imundo sai de um homem, anda por lugares secos, procurando repouso, e não o encontrando, diz: Voltarei para minha casa, de onde saí. E quando vem, encontra-a desocupada, varrida e enfeitada. Então vai, e toma consigo outros sete espíritos piores do que ele, e entrando, habitam ali; e o último estado daquele homem torna-se pior que o primeiro. Assim acontecerá também a esta geração perversa. Estando Ele ainda a falar ao povo, eis que sua Mãe e seus irmãos apareceram fora, desejando falar-Lhe. E alguém Lhe disse: Vossa Mãe e vossos irmãos estão ali fora, e Vos procuram. Ele, porém, respondendo ao que Lhe falava, disse-lhe: Quem é minha Mãe e quem são meus irmãos? E estendendo a mão para seus discípulos, disse: Eis minha mãe e meus irmãos. Porque todo aquele que fizer a vontade de meu Pai que está nos céus, esse é meu irmão, minha irmã e minha mãe.


CASTIGO DA INCREDULIDADE – O Salvador denuncia a Israel os castigos que o aguardam por sua cegueira voluntária e dureza de coração. Israel exige maravilhas para acreditar; elas o cercam em todos os lugares e não as vê; é assim que os homens são hoje. Para reconhecer como divino o cristianismo serão necessárias provas. Porém, isso já é conhecido na história, e de modo claro diante de nossos olhos. Os acontecimentos do dia dão seu testemunho; mas nada os sacode e tira de sua sonolência. Aferram-se desiludidos a seus próprios sistemas e não conseguem chegar a compreender que Igreja Católica é o fundamento da sociedade até o dia em que a sociedade por eles isolada da Igreja se afunda no abismo aberto por suas mãos. “Geração perversa e adúltera”, disse o Senhor, contra a qual se levantarão os povos infiéis, desconhecedores das instituições e que, por ventura, tivessem chegado a amá-las e guardá-las. Temamos a espantável sorte dos judeus a quem o lugar de Jerusalém e sua própria ruína não logrou abrir os olhos e permanecem fiéis, entretanto, às ilusões de seu orgulho, depois de uma escravidão de dezenove séculos.


O BOM EXEMPLO – Em meio aos perigos da sociedade os filhos da Igreja devem dar contas de sua responsabilidade. Indaguem por que os sábios do mundo, os políticos do mundo, deixam de contar com eles. Por que, entretanto, hoje esses homens acham tão difícil dar em algum até o menor sinal de católico. É porque os católicos têm desertado da Igreja e de suas práticas santas. Por dias se vão notando que o vazio vai tomando mais e mais tomando conta de nossas igrejas, não se frequentam mais os sacramentos, a Quaresma não é mais que uma mera palavra no calendário. Voltemos, não só à fé de nossos pais, mas também à observância das leis cristãs; então, sim, o Senhor se apiedará de seu povo infiel em atenção aos justos presentes em seu seio. O apostolado do exemplo produzirá seus frutos; um pequeno grupo de fiéis foi para os povos do Império Romano aquela levadura de que nos fala o Salvador que fermentou toda a massa; em meio a uma sociedade que, todavia, conserva mais elementos católicos do que ela mesma suspeita, nosso zelo por confessar e praticar os deveres da milícia cristã não ficará sem um resultado feliz.


ORAÇÃO

Oremos.

Humilhai as vossas cabeças diante de Deus.

NÓS Vos rogamos, Senhor, iluminai as nossas almas com a Luz de vossa Claridade, para que possamos ver o que devemos praticar e cumprir o que é justo. Por Nosso Senhor.




#gueranger #temporas #quaresma #jonaseabaleia #missatridentina

SIGA-NOS:

  • YouTube
  • Twitter ícone social
  • Pinterest
  • Facebook ícone social

© 2020 Apostolado FERR - Forma Extraordinária do Rito Romano