• Apostolado FERR

Meditação sobre a nobreza da Imaculada Conceição



MARIA IMACULADA

A sua nobreza

(Por Dom Ildefonso R. Villar)


Se bem que, por se tratar de um mistério, não podemos aprofundá-lo, pois nos perderíamos na sua imensidade, no entanto é suave e consolador meditar as razões que o nosso entendimento facilmente alcança, para nos convencermos de como Maria tinha que ser Imaculada.


1º - Rainha dos Anjos

Maria, como Rainha, tinha direito a reinar sobre os Anjos, e estes honrar-se-iam e alegrar-se-iam com tal Soberana; mas como haviam de reconhecer como sua Rainha uma criatura que era menos pura e perfeita do que eles? Uma criatura que, ainda que por pouco tempo, tivesse sido escrava do pecado, isto é, escrava dos outros Anjos que se tinham rebelado contra Deus? Isto não era possível; a razão humana resiste a admitir este absurdo. Logo, tiramos por conclusão que Maria tinha de ser pura, santa e imaculada.


2º - Filha de Deus Pai

Maria é a Filha predileta de Deus e por isso a destinou a uma grandeza que, afora a sua, não haveria outra igual. - Em tudo quis assemelhá-La à divindade, de tal sorte que sem chegar a ser Deus, porque não era possível, fosse a que estivesse mais perto de Deus. Mas se Deus e o pecado são o que há de mais oposto, como podia a Santíssima Virgem aproximar-se tanto de Deus e ter ao mesmo tempo no seu coração o pecado? Outro absurdo que não podemos admitir e que nos demonstra a sua Conceição Imaculada.


3º - Mãe de Deus Filho.

Era de Maria que Jesus tinha de tomar a carne e sangue que, como hóstia pura e santa, ia oferecer na cruz pela humanidade. Como poderia ser imaculada essa hóstia se tivesse sido manchada desde a sua origem? Além disso, ninguém pode escolher a própria Mãe, todos nós temos a mãe que Deus nos destinou; porém, com Jesus Cristo não foi assim: Ele é que escolheu e formou como quis a sua Mãe. Pois bem, podendo formá-la belíssima, pura e santíssima na sua Conceição, por acaso iria preferir fazê-la manchada e escravizada pelo pecado? Impossível! Havia já muitos séculos que o povo cristão dizia: “Se não pode, não é Deus; se pode e não quis, não é Filho; digamos, pois, que Jesus pode e quis”, isto é, não era por falta de poder, pois Deus tudo pode, e se pode e não quis não mostrou um amor digno de um bom filho a sua Mãe, pois privou-a de uma beleza e formosura que era precisamente a que Ela mais amava. Portanto tinha de a fazer Imaculada.


4º - Esposa do Espírito Santo

A graça santificante é a vida do Espírito Santo na alma. Deus quis tanto a Maria que se desposou com Ela, dando-lhe a plenitude da graça, “a cheia de graça”. Ele próprio foi o que misteriosamente e com uma operação onde resplandece o poder e a pureza Infinita de Deus, formou no seio de Maria a morada para o seu Divino Filho. É possível que uma união tão perfeita e intima entre Maria e o Espírito Santo, uma operação tão santa e divina como foi a Encarnação do Verbo, tudo isso se vá operar numa carne manchada pelo pecado? Seria isso digno de Deus? David preparou, para levantar um templo a Deus, o que encontrou de melhor na terra, e o Espírito Santo para formar aquela morada divina do Verbo, não havia de escolher o que houvesse de melhor no Céu? Não podia, portanto, haver nem sequer a menor sombra de pecado naquele templo vivo, visto que isso impugnaria extremamente no Filho de Deus.


5º - Nós mesmos

Se temos amor a Maria não nos regozijamos ao vê-La Imaculada e não descobrimos nesse mistério um resumo da sua beleza? Se Deus nos tivesse dado liberdade e poder para dar a Maria o que quiséssemos, não a teríamos feito assim, Imaculada, puríssima e santíssima? Gostaríamos de vê-la manchada pelo pecado? Diríamos, então, que a amávamos deveras? Portanto, tem a certeza que nem o Pai, nem o Filho, nem o Espírito Santo poderiam fazer outra coisa senão dar-Lhe a pureza que possui. Termina dando graças a Deus por ter feito assim a tua Imaculada Mãe, felicita a Maria por este privilégio, e dá os parabéns a toda a humanidade por ter uma tal Mãe.



#imaculadaconceiçao #nossasenhora #meditaçao #oraçao #ildefonsovillar

SIGA-NOS:

  • YouTube
  • Twitter ícone social
  • Pinterest
  • Facebook ícone social

© 2020 Apostolado FERR - Forma Extraordinária do Rito Romano