• Apostolado FERR

Missa do Domingo dentro da Oitava do Natal



DOMINGO DENTRO DA OITAVA DO NATAL

II classe, paramentos brancos


“Quando tudo repousava em profundo silêncio”, na santa noite de Natal, apareceu o Cristo-Rei, sob a forma de uma Criancinha (Intróito). Pedimos que Ele nos submeta a seu poder, fazendo-nos praticar as boas obras (Oração) depois de nos ter libertado da escravidão e de nos ter elevado à dignidade de filhos de Deus (Epístola).


Sejam nossos exemplos de vida cristã São José, Nossa Senhora, Simeão e Ana (Evangelho). Ainda tão próximos do presépio, ficamos, no entanto, surpresos. O mesmo Evangelho nos deixa entrever a Redenção pela Paixão. A Criancinha será o Homem das dores, a Virgem-Mãe, a Mater dolorosa. O altar, neste dia, é para nós presépio e cruz ao mesmo tempo. Conforta-nos, entretanto, o pensamento de que na Comunhão podemos “tomar o Menino” com a sua Mãe e com eles caminhar para a vida eterna.


INTRÓITO

(Sb 18,14-15; Sl 92,1)

DUM médium siléntium tenérent ómnia, et nox in suo cursu médium iter háberet, omnípotens Sermo tuus, Dómine, de cælis a regálibus sédibus venit. PS. Dóminus regnávit, decórem indútus est: indútus est Dóminus fortitúdinem, et præcínxit se. Glória Patri.


QUANDO tudo repousava em profundo silêncio, e a noite ia no meio de seu curso, baixou, Senhor, dos céus, do trono real, vosso Verbo onipotente. SL. O Senhor é Rei, envolto em magnificência revestiu-se o Senhor de força e cingiu-se. Glória ao Pai.


COLETA

OMNÍPOTENS sempitérne Deus, dírige actus nostros in beneplácito tuo: ut in nómine dilécti Fílii tui mereámur bonis opéribus abundáre: Qui tecum vivit et regnat.


DIRIGI, ó Deus onipotente e eterno, as nossas ações segundo o vosso beneplácito a fim de que mereçamos enriquecer-nos de boas obras, em o Nome de vosso Filho muito amado, que, sendo Deus; convosco vive e reina.


E faz-se a comemoração ocorrente duma festa de II classe, conforme as rubricas, porém, não da Oitava.


EPÍSTOLA

(Gl 4,1-7)

Lectio Epístolæ beati Pauli Apostoli ad Gálatas.

FRATRES: Quanto témpore heres párvulus est, nihil differt a servo, cum sit dóminus ómnium: sed sub tutóribus et actóribus est usque ad præfinítum tempus a patre: ita et nos, cum essémus párvuli, sub eleméntis mundi erámus serviéntes. At ubi venit plenitúdo témporis, misit Deus Fílium suum, factum ex mulíere, factum sub lege, ut eos, qui sub lege erant, redímeret, ut adoptiónem filiórum reciperémus. Quóniam autem estis fílii, misit Deus Spíritum Fílii sui in corda vestra, clamántem: Abba, Pater. Itaque iam non est servus, sed fílius: quod si fílius, et heres per Deum.


Leitura da Epístola de São Paulo Apóstolo aos Gálatas.

IRMÃOS: Enquanto o herdeiro é menino, em nada difere do servo, ainda que de tudo seja senhor; mas está sujeito a tutores e curadores até o tempo determinado pelo pai. Assim, também nós, quando éramos meninos, éramos sujeitos às leis do mundo Quando, porém, se cumpriu a plenitude do tempo, enviou Deus o seu Filho, nascido de uma mulher, sujeito à lei, a fim de remir os que à lei estavam sujeitos e para que recebessem a adoção de filhos. E porque sois filhos, enviou Deus a vossos corações o Espírito de seu Filho, que clama: Abba Pai. Portanto já nenhum de vós é servo, mas filho; e se é filho, é também herdeiro por Deus.


GRADUAL

(Sl 44,3,2)

SPECIÓSUS forma præ filiis hóminum: diffúsa est gratia in lábiis tuis. V. Eructávit cor meum verbum bonum, dico ego ópera mea Regi: lingua mea cálamus scribæ, velóciter scribéntis.


ULTRAPASSAIS em formosura os filhos dos homens, a graça derramou-se em vossos lábios. Exulta o meu coração em alegre canto: ao Rei dedico as minhas obras. Minha língua é como a pena do escriba, que escreve velozmente.


ALELUIA

(Sl 92,1)

ALLELÚIA, allelúia. V. Dóminus regnávit, decórem índuit: índuit Dóminus fortitúdinem, et præcínxit se virtúte. Allelúia.


ALELUIA, aleluia. V. O Senhor é Rei, envolto em magnificência; revestiu-se o Senhor de fôrça e cingiu-se de poder. Aleluia.


EVANGELHO

(Lc 2,33-40)

Sequéntia sancti Evangélii secundum Lucam.

IN illo témpore: Erat Ioseph et María Mater Iesu, mirántes super his quæ dicebántur de illo. Et benedíxit illis Símeon, et dixit ad Maríam Matrem eius: Ecce, pósitus est hic in ruínam et in resurrectiónem multórum in Israël: et in signum, cui contradicétur: et tuam ipsíus ánimam pertransíbit gládius, ut reveléntur ex multis córdibus cogitatiónes. Et erat Anna prophetíssa, fília Phánuel, de tribu Aser: hæc procésserat in diébus multis, et víxerat cum viro suo annis septem a virginitáte sua. Et hæc vídua usque ad annos octogínta quátuor: quæ non discedébat de templo, ieiúniis et obsecratiónibus sérviens nocte ac die. Et hæc, ipsa hora supervéniens, confitebátur Dómino, et loquebátur de illo ómnibus, qui exspectábant redemptiónem Israël. Et ut perfecérunt ómnia secúndum legem Dómini, revérsi sunt in Galilǽam in civitátem suam Názareth. Puer autem crescébat, et confortabátur, plenus sapiéntia: et grátia Dei erat in illo.


Continuação do santo Evangelho segundo São Lucas.

NAQUELE tempo, José e Maria, Mãe de Jesus, maravilhavam-se das coisas que se diziam d’Ele. E Simeão abençoou-os, e disse a Maria, Mãe de Jesus: Eis que este Menino está destinado para ser ruína e ressurreição de muitos em Israel, e para ser alvo de contradição. E uma espada traspassará a tua alma, para que se manifestem os pensamentos dos corações de muitos. E estava também ali Ana, profetisa, filha de Fanuel, da tribo de Aser, a qual já era muito idosa; e depois de sua virgindade vivera sete anos com seu marido. E agora, sendo viúva de quase oitenta e quatro anos, não se afastava do templo, servindo a Deus com jejuns e orações, de dia e de noite. Tendo ela chegado àquela mesma hora, louvava ao Senhor e falava do Menino a todos os que esperavam a redenção de Israel. E quando cumpriram todas as coisas segundo a lei do Senhor, voltaram [José e Maria] para a Galiléia para a sua cidade de Nazaré. E o Menino crescia e se fortalecia, cheio de sabedoria; e a graça de Deus estava com Ele.


Credo.


OFERTÓRIO

(Sl 92,1-2)

DEUS firmávit orbem terræ, qui non commovébitur: paráta sedes tua, Deus, ex tunc, a sǽculo tu es.


O SENHOR firmou o orbe da terra que não será abalado. Vosso trono está preparado desde então, ó Deus. Vós sois desde toda a eternidade.


SECRETA

CONCÉDE, quǽsumus, omnípotens Deus: ut óculis tuæ maiestátis munus oblátum, et grátiam nobis piæ devotiónis obtineat, et efféctum beátæ perennitátis acquírat. Per Dóminum nostrum.


CONCEDEI, Vos rogamos, Deus onipotente, que a dádiva oferecida ante os olhos de Vossa Majestade nos alcance a graça de um devotado espírito de sacrifício e a posse da eterna felicidade. Por Nosso Senhor.


Prefácio e Communicántes da Natividade do Senhor.


COMUNHÃO

(Mt 2,20)

TOLLE Púerum et Matrem eius, et vade in terram Israël: defúncti sunt enim, qui quærébant ánimam Púeri.


TOMA o Menino e sua Mãe, e vai para a terra de Israel, porque já são mortos os que procuravam tirar a vida do Menino.


PÓSCOMUNHÃO

PER huius, Dómine, operatiónem mystérii, et vitia nostra purgéntur, et iusta desidéria compleántur. Per Dóminum nostrum.


FAZEI, Senhor, que, pela força dêste Mistério, sejamos purificados de nossos vícios, e se cumpram os nossos justos desejos. Por Nosso Senhor.


RECURSOS:

COMENTÁRIOS LITÚRGICOS: Dom Gueranger

Partes próprias da Missa: partituras

Intróito: áudio

Coleta em tom solene: partitura

Epístola: partitura / áudio

Gradual: áudio

Aleluia: áudio

Evangelho: partitura-antiquior / áudio

Ofertório: áudio

Comunhão: áudio

Póscomunhão em tom solene: partitura

Sermão:

Meditação: Alegria trazida ao mundo pelo nascimento de Jesus Cristo


#missatridentina #domingooitavanatal #natal #simeao #profetisaana #latinmass #propriodamissa

SIGA-NOS:

  • YouTube
  • Twitter ícone social
  • Pinterest
  • Facebook ícone social

© 2020 Apostolado FERR - Forma Extraordinária do Rito Romano